FRETE GRÁTIS

As cartas que Thaisy escreveu para que as filhas pudessem ler mais tarde e soubessem tudo o que sentiu durante os primeiros anos de maternidade nos trazem um universo afetivo poucas vezes tão expressivo. Um livro com relatos ora engraçados, ora aflitos, ora comoventes, que se abrem ao leitor com simplicidade e, por isso mesmo, com a poderosa força do amor materno. São cartas endereçadas a Lis e Maitê, mas também a ela mesma, a mãe que se constrói a cada dia. São, sobretudo, cartas que dão fôlego às mulheres (e por que não aos homens?) que se preparam para mergulhar ou já mergulharam no oceano de descobertas que é a maternidade.

“Colocar em palavras as angústias da maternidade me mostrou que passei por sensações comuns a tantas outras mulheres, ainda que cada uma interprete essas sensações de acordo com suas experiências de vida.
Este livro não pretende ser fonte de conhecimento, como um manual, muito menos de julgamento de nenhum tipo sobre suas escolhas. Cada mãe conhece sua realidade, sua história de vida e deve ter suas decisões respeitadas. Nem todos os textos podem fazer sentido pra você, mas a sua capacidade de empatia por mim e por outras mães pode aumentar ao lê-los. Que sejamos, nós mulheres, cada dia mais unidas, que a maternidade possa ser vivida de forma mais leve, que o apoio entre nós esteja sempre presente.”

 

  • ·  Capa comum: 164 páginas
  • ·  Idioma: Português
  • ·  Editora: Insular
  • ·  ISBN: 978-8552401391
  • ·  Dimensões: 20.8 x 14.4 x 0.6 cm
  • ·  Peso do produto: 235 g

A Mãe que me Pari: Gestar, Parir, Maternar | Livro de Thaisy Fernandes

R$45,00
Frete grátis
A Mãe que me Pari: Gestar, Parir, Maternar | Livro de Thaisy Fernandes R$45,00

FRETE GRÁTIS

As cartas que Thaisy escreveu para que as filhas pudessem ler mais tarde e soubessem tudo o que sentiu durante os primeiros anos de maternidade nos trazem um universo afetivo poucas vezes tão expressivo. Um livro com relatos ora engraçados, ora aflitos, ora comoventes, que se abrem ao leitor com simplicidade e, por isso mesmo, com a poderosa força do amor materno. São cartas endereçadas a Lis e Maitê, mas também a ela mesma, a mãe que se constrói a cada dia. São, sobretudo, cartas que dão fôlego às mulheres (e por que não aos homens?) que se preparam para mergulhar ou já mergulharam no oceano de descobertas que é a maternidade.

“Colocar em palavras as angústias da maternidade me mostrou que passei por sensações comuns a tantas outras mulheres, ainda que cada uma interprete essas sensações de acordo com suas experiências de vida.
Este livro não pretende ser fonte de conhecimento, como um manual, muito menos de julgamento de nenhum tipo sobre suas escolhas. Cada mãe conhece sua realidade, sua história de vida e deve ter suas decisões respeitadas. Nem todos os textos podem fazer sentido pra você, mas a sua capacidade de empatia por mim e por outras mães pode aumentar ao lê-los. Que sejamos, nós mulheres, cada dia mais unidas, que a maternidade possa ser vivida de forma mais leve, que o apoio entre nós esteja sempre presente.”

 

  • ·  Capa comum: 164 páginas
  • ·  Idioma: Português
  • ·  Editora: Insular
  • ·  ISBN: 978-8552401391
  • ·  Dimensões: 20.8 x 14.4 x 0.6 cm
  • ·  Peso do produto: 235 g